quinta-feira, 16 de julho de 2015

Entrevista - Luiz Fabrício, Goldfield


      1.   Quando se envolveu com a escrita?
   
Escrevo desde os 12 anos de idade, quando estava na 6ª série, em 2001. Sempre criei diversas histórias na minha cabeça, com enredos em formato de filme ou jogos de videogame. No início do ginásio comecei a ganhar estima pela leitura, e vi que escrever seria a melhor forma de levar minhas histórias ao mundo. Comecei inspirado por filmes de ação, e minha primeira criação foi um roteiro para um filme caseiro que pretendia fazer usando bonecos dos “Comandos em Ação”. O filme nunca saiu, mas nunca mais parei de escrever desde então.

      2.   O que você quer passar para seus leitores?
      
Quero que eles vivenciem minhas histórias assim como eu as vivencio ao escrever, emocionando-se, envolvendo-se e também evoluindo em algo junto com a jornada de cada personagem. Como professor, tenho também por meta aumentar o interesse dos leitores por História e fazê-los aprender enquanto leem, sem que se torne uma atividade entediante.

Entrevista - Juliana Lugão


1- Quando se envolveu com a escrita?

     Em 2014.

     2- O que você quer passar para seus leitores?

     Que o amor rompe barreiras. Eu sou apaixonada por          romances e creio que o amor é a verdadeira felicidade.

     3- Sabendo que nos dias de hoje os jovens tem se            interessado mais pela leitura, qual é o seu público          alvo?

O meu gênero é o romance então ele se encaixa em            todas as idades mas acredito que as mulheres são meu        público alvo.

     4- Conte como foi sua experiência de começar a escrever livros.

Foi fascinante. Eu me envolvo com os personagens, vivendo suas vidas, viajando por outros lugares... Escrever é libertador.

Layout: Natana Duarte | Tecnologia do Blogger | All Rights Reserved ©